segunda-feira, 21 de março de 2011

Um sonho num sonho




Este beijo em tua fronte deponho!
Vou partir. E bem pode, quem parte,
francamente aqui vir confessar-te
que bastante razão tinhas, quando
comparaste meus dias a um sonho.
Se a esperança se vai, esvoaçando,
que me importa se é noite ou se é dia...
ente real ou visão fugidia?
De maneira qualquer fugiria.
O que vejo, o que sou e suponho
não é mais do que um sonho num sonho.
Fico em meio ao clamor, que se alteia
de uma praia, que a vaga tortura.
Minha mão grãos de areia segura
com bem força, que é de ouro essa areia.
São tão poucos! Mas, fogem-me, pelos
dedos, para a profunda água escura.
Os meus olhos se inundam de pranto.
Oh! meu Deus! E não posso retê-los,
se os aperto na mão, tanto e tanto?
Ah! meu Deus! E não posso salvar
um ao menos da fúria do mar?
O que vejo, o que sou e suponho
será apenas um sonho num sonho?



Edgar Allan Poe
(1809-1849)


SOS
   Pintura de Evelyn De Morgan

5 comentários:

Luís Coelho disse...

Bom dia Sylvia
Como sempre boas escolhas.
Lindo este sonho de um sonho.
As coisas que amamos e que nos fogem e corremos cada vez mais por elas.
Parece que quando nos fogem se tornam ainda mais belas......
Beijinhos

Maria José Speglich disse...

Amei seu blog.
Temos muita coisa em comum.

Beijo!

Anônimo disse...

Se puder, passe por Pretextos-elr - http://pretextoselr.blogspot.com/ e confira "Vozes".

Grato pela visita.
Eduardo L Resende

Anônimo disse...

Bom dia, Sylvia

Entrei em contato com voce atraves da minha comunidade de apoio aos médicos sem fronteira.Cheguei ao teu blog...e surpresa percebi que devemos ter sido feitas de materia muito parecidas.Lindo, emocionante,util,profundo...o material encontrado nele. Como voce, sou viajante das estrealas em busca de mim há milenios...tao repleta de erros, deformações e duvidas...buscando incessantemente os acertos e tambem certa de que é no interior que se processa a grande viajem...Bela alma a tua...que tua jornada te leve sempre a caminhos de beleza e aprendizado.
Rachan Fada...Margareth Azevedo

Anônimo disse...

Llegó junio. En el Perro hay una nueva entrada sobre un excelente y poco conocido libro. Clickeá aquí http://elperroelocuente.blogspot.com/
Saludos.
Jorge