domingo, 17 de maio de 2009

.
.

5 comentários:

Zica Cabral disse...

grandes verdades despertadas nesas duas frases..................
Claro que, fazer o que o coração manda sem pensar nas consequencias é talvez um pouco leviano mas, às vezes tem que ser. Tem que se ir em frente e aceitar as consequencias que vem com a inteira certeza de que a nossa escolha foi a certa........mesmo que se sofra com isso. A vida é um arame de trapezista sem rede por baixo..........
Um beijo amigo
Zica

Sil disse...

[...]Quando você se torna mais sensível, a vida se torna maior. Ela não é um pequeno poço, ela se torna oceânica[...]
Osho

Parabéns por esse cantinho de sensibilidade e luz!

Ótima semana...beijuus!
Sil

direitinho disse...

A primeira parece-me real e actual.
Se todos os casais vivessem desse modo não haveria tanta violência doméstica.
No casamento há igualdade, partilha e responsabilidade.
Mas que seria dos casamentos sem amor ?

Na segunda questão partilho a opinião deixada pela Zica.
Nem sempre o coração tem razão.
Quem se atira de cabeça é louco.
Será bom amar mas quando nem se sabe a qualidade do terreno que se pisa é melhor um pouco de prudência

Anônimo disse...

Hola. Hoy El perro convoca a sus lectores para presentarles una nota especial sobre una novela de Daniel Moyano que encierra una historia particular. Hacé click en http://elperroelocuente.blogspot.com/
Un saludo.
Jorge Aloy

Jaqueline Sales disse...

Talvez o mais lindo no amor e na vida seja não sabermos se dará certo, se chegará onde desejamos, se seremos felizes, se seremos os mesmos depois de percorrermos tão vastos e inóspitos caminhos...

Viu a mensagem se Osho que te enviei? Abra e veja. É linda!

BeijUivooooooooooosssssssssss da Loba