quarta-feira, 4 de março de 2009

.
.
Poemas Vespertinos
.
.

Amor, então
.
Amor, então,
também, acaba?
Não, que eu saiba.
O que eu sei
é que se transforma
numa matéria-prima
que a vida se encarrega
de transformar em raiva.
Ou em rima.
.
Paulo Leminski
.
.
.
Bem no fundo
.
No fundo, no fundo,
Bem lá no fundo,
A gente gostaria
De ver nossos problemas
Resolvidos por Decreto
.
A partir desta data,
Aquela mágoa sem remédio
É considerada nula
E sobre ela - silêncio perpétuo
.
Extinto por lei todo o remorso,
Maldito seja quem olhar para trás,
Lá prá trás não há nada,
E nada mais
.
Mas os problemas não se resolvem,
problemas têm família grande,
E aos domingos saem todos passear
O problema, sua senhora
E outros pequenos probleminhas.
.
Paulo Leminski
.
.
.
Parada cardíaca
.
essa minha secura
essa falta de sentimento
não tem ninguém que segure
vem de dentro
vem da zona escura
donde vem o que sinto
sinto muito
sentir é muito lento.
.
Paulo Leminski
.
.
.
No silêncio dos olhos
.
Em que língua se diz, em que nação,
Em que outra humanidade se aprendeu
A palavra que ordene a confusão
Que neste remoinho se teceu?
Que murmúrio de vento, que dourados
Cantos de ave pousada em altos ramos
Dirão, em som, as coisas que, calados,
No silêncio dos olhos confessamos?
.
José Saramago
.
.
.
Science-fiction I
.
Talvez o nosso mundo se convexe
Na matriz positiva doutra esfera.
.
Talvez no interspaço que medeia
Se permutem secretas migrações.
.
Talvez a cotovia, quando sobe,
Outros ninhos procure, ou outro sol.
.
Talvez a cerva branca do meu sonho
Do côncavo rebanho se perdesse.
.
Talvez do eco dum distante canto
Nascesse a poesia que fazemos.
.
Talvez só amor seja o que temos,
Talvez a nossa coroa, o nosso manto.
.
José Saramago
.
.

5 comentários:

direitinho disse...

Não diria que sejam poemas mas sim frazes com muito sentido e com uma mensagem muito expressiva.
Esta é a minha opinião, não sou crítico mas gostei do que li

Jaqueline Sales disse...

Há neles uma certa tristeza, um desalento, não sei dizer ao certo. Exprimem o momento? Talvez sim, não sei ao certo. Sei que são belos.

Tu está bem? Com saudaes...

BeijUivooooooooooooossssssssss da Loba

Daniel Cristal disse...

Parabéns pelo seu Blogue, queirda Sylvia, e obrigado pelos afagos que tem deixado no meu,
saúdo-a com amor,
Daniel Cristal

Daniel Cristal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
prafrente disse...

Entre aulas, estudos e trabalhos de grupo pouco tempo me resta para navegar nas ondas da virtualidade.

Suas "reflexões" poéticas parecem refletir um sentimento que doi sem doer e arde sem se ver.

Quem pede recebe
Quem procura encontra
... ....
Sejamos positivos mesmo que não sejamos positivistas...

beijo de Portugal