segunda-feira, 20 de julho de 2009

.
.
Ararat
Armênia
.
.
.
PROTESTO
.
Dizias: «É assim mesmo, a alma não existe;
a vida é esta só, a outra é puro engano;
Inferno e Céu e Deus jamais nos causam dano,
freio que mal contém a humanidade triste...»

Eu, crente, protestei, mas logo tu sorriste,
da tua má doutrina ainda fôste ufano...
Enganas a ti mesmo, és cego, pobre insano,
tão fácil te é negar aquilo que não viste!?

Verás acaso a dor dum sonho que é desfeito?
Já viste o coração que pulsa no teu peito?
Quem nega a inteligência e onde a vemos nós,

é coisa que se apalpe e agarre? Não por certo.
Nunca mais negues Deus: repara mais de perto
na própria natureza, escuta a sua voz...

IN "Sinfonia da Terra"
Liv. Edit. Educação Nacional – Porto – 1943

Isaura Matias de Andrade

5 comentários:

Anônimo disse...

Hay nuevas notas en http://elperroelocuente.blogspot.com/ .
Saludos.
Jorge Aloy

Anônimo disse...

Você acredita na realização do amor Platônico? Então leia esta crônica!!!

http://ademareadebem.blogspot.com/

Guarde como lembrança este acróstico sobre o mito

http://ramedaol.blogspot.com/
Braços Ademar!!

direitinho disse...

Gostei de ler
e mesmo sem querer
dei comigo a meditar
nestas verdades profundas
que nos devem orientar.

Tantas coisas que sabemos
mas teimosamente esquecemos.

Reflexo d Alma disse...

Ei! Estou chegando pra conhecer seu espaço.Que texto maravilhoso!
Depois passa la no meu esoaço, vai ser uma honra.
Volto com calma aqui mais tarde.
Bjins entre sonhos e delírios

Zica Cabral disse...

Oi amiga Sylvia
Cá estou eu de novo, agora sem problemas de maior. O susto que apanhei - que foi so susto e, graças a Deus, nada mais do que isso - ja passou. fui operada em 10 minutos(com laser) e 15 minutos mais tarde, já estava no meu carro a telefonar à familia (só a alguns que a familia é grande).
Agora este magnifico soneto.
Que dizer mais do que o que la está escrito.
Só o que a minha Mãe costumava dizer. A Fé é uma graça de Deus. Há os que a têm e os que não a conseguem ter. Ainda há os que a negam por "intlectualismo", porque não é bem...............porque não demonstra racionalidade.
Erro crasso!!!!!! A minha fé é feita das demonstrações diárias das maravilhas que Deus pôe à minha disposição e de todas as coisas boas que me têm acontecido. E das más tb.
Nós não vemos a nossa inteligencia mas sabemos que ela la está. Não vemos os pensamentos mas sabemos que ocorrem nem sequer conseguimos ver à vista desarmada os neuronios os axonios ou as sinapses...........mas sabemos que esta maquina perfeita (que às vezes se avaria) foi criada com AMOR por algo muito mais inteligente que o Homem.
Sim poderei explicar cientificamente a existencia de um Deus ( ou vários, consuante a época e a cultura dos seres humanos)constante na cultura humana desde que o Homo Sapiens começou a povoar este planeta mas não poderei explicar a fé. E a sensação da presença e intervenção real, de Deus, nas nossas vidas.
Um beijinho amigo
Zica