sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Poemas de Loyola Rodrigues

Poemas da Madrugada
 
Loyola Rodrigues
 
" O poeta não entre em contradição
com o cientista e o filósofo,
nem tampouco estes três
com o cidadão"
 
" Rompo a escuridão do tunel
em cujo fim
espero que me espere
a aurora de um novo tempo"


( Sobral/Ceará - terra natal de Loyola Rodrigues)
.
 
AMOR DE TRANSIÇÃO
 
Amor, precário amor, sempre presente
na minha vida! O amor que amei sem ser
devidamente amado; o amor, também,
que eu desamei, embora sendo amado!
 
Amor, precário amor, nunca acabado,
embora tantas vezes mais precário
do que parece, amor de transição
daquele que se perde pelo mundo,
daquele que só vive de aflição!
 
Amor, precário amor, sempre presente
na minha vida, dá consolação
a quem não teve amor mais abundante,
a quem, de desamado, se contenha
com um precário amor de transição!
 
 
 
POR QUE RELUTAS?
 
Fechar os olhos à evidência,
sufocar a razão, fingindo
que ainda seja o que não é,
não é saúde para a vida,
não é verdade para a alma.
 
Fechar os olhos à evidência,
sufocar a razão, fingindo
não haver outro amor nascendo,
não é conduta produtiva,
não é verdade que liberte.
 
Mas a verdade há de vencer
e a evidência de convencer
que o antigo amor não ama mais
e o novo amor está nascendo!
 
 
OLHOS NOS OLHOS
 
Teus olhos negros, vivos, reluzentes
me fazem despertar da sonolência
que me envolve o mundo; és diferente
e trazes nos teus olhos fogo eterno.
 
Quero mirar-te neles para a vida!
Quero também ouvir a voz que tens
e que percorre diapasões ignotos.
 
Depois tocar-te a pele fina e viva,
retemperado pelo fogo eterno
brotado sempre de teus olhos negros.
 
Olhos nos olhos, corpo no teu corpo.
 
 
 
GRANDE VIDA E BELEZA
 
Grande vida e beleza é quanto basta
A que se locupletem para sempre
As carências do amor, em nós tão fundas.
Se, pois, és vívida e és bela, amemo-nos!
 
Ponhas beleza em tudo e mais na vida,
Que a grande vida é já a vida bela.
Só de beleza, enfim, nós temos fome.
Se, pois, és vívida e és bela, amemo-nos!
 
Só de amar e viver nós precisamos.
Só de amar e viver nós entendamos,
Que somos tardos para o amor e a vida.
 
Se, pois, és vívida e és bela, amemo-nos,
Quem sejas tu e em qual estado estejas;
Grande vida e beleza é quanto basta.
 
 
( Serra da Ibiapaba - Ceará)
 
.
SE NÃO FOR COMO AS PLANTAS
 
O amor já não prospera,
o amor já não floresce,
o amor não frutifica,
o amor será fracasso,
se não for, como as plantas,
irrigado constante,
se não for, como as plantas,
tratado com cuidado.
 
Que pelo teu descuido,
que pelo teu descaso,
já não sucumba o amor
ao açoite dos ventos
e à luz dos maus olhados.
 
 
LIÇÃO DA JARDINAGEM
 
Se exibes contra mim gratuita mágoa,
perdes teu tempo e estragas o teu fígado.
 
Digo-te apenas que é mais nobre e humano
voltares a ti mesma, humildemente,
e, no jardim cinzento de tua alma,
cultivares, em vez, coisas melhores,
como a planta do siso e a flor do riso.
 
Invoque sempre aos céus o doce orvalho
da razão e do humano entendimento.
E então voltes a mim, sábia e sorrindo,
sem mais a mágoa e sem constrangimento.

 
(Detalhes do Salão da Rosa - Gruta de Ubajara - Ceará
- Foto de Alex Uchôa)
 
 
MENINO NO MUNDO
 
O homem no mundo é sempre um menino
tão perdido em meio ao mundo vão;
o homem no mundo cumpre o destino
de andar buscando em vão a razão.
 
O homem no mundo é pois descontente:
perde o que tem, não acha o que busca,
ora se perde na escuridão,
ora é a luz fortíssima que o ofusca.
 
Umas vezes rindo, outras chorando,
tão perdido em meio ao mundo vão,
o homem no mundo cumpre o destino
de buscar a idade da razão.
 
O homem no mundo é sempre um menino
tão perdido em meio ao mundo vão.
 
( Cachoeira do Boi Morto - Ubajara - Ceará. Foto de Alex Uchôa)
 
 
A CAMA
 
A imensa e plana cama aguarda o amor.
Ela, faz tempo, está sozinha e aguarda-o.
Destino de estar pronta e de esperar!
Não pousam nela amores, pois aguarda
o amor que não desame e que compense
todo o tempo esperado. Imensa e plana,
a cama aguarda o amor que não desama!


CONVITE
 
Hoje, que sabe a amor tarde tão calma,
Deixarei assentar dentro em minha alma
Esta sutilidade de pensar-te
Como a coisa mais linda e a melhor arte.
 
Venhas, com teu encanto e teus afagos,
A visitar-me nestes ínvios pagos:
Que tenho mãos que acolhem carinhosas
E tenho forças mil, de amor frondosas.
 
Bem-vinda sejas a estas plagas rudes
Onde coabitam vícios e virtudes
Tal como dormem flores com espinhos;
Bem-vinda, amiga, à tenda dos carinhos!
 
Que te fartem as fúrias dos meus beijos
E bem te me ofereças em desejos!

( Cachoeira do Frade - Ubajara - Ceará. Foto de Alex Uchôa)
 
 
ESQUECE TUDO E FRUI
 
Esquece tudo e frui deste momento.
Viver é esquecer definitivo
e construir do agora outro amanhã.
Esquece tudo e frui deste momento.
 
Depois que passe, sintas que valeu
a pena tê-lo tido em tua vida:
momento afortunado e não previsto,
momento de prazer e descoberta
 
de que ainda é o teu corpo validíssimo
para o amor,quando o já supunhas findo.
 
Esquece tudo e frui deste momento.
Depois, não esmoreças nem retornes
a pensamentos tristes; pois, agora,
provas deveras de alegria. Vivas!
 
( Bondinho do Parque Nacional de Ubajara - Ceará)
 
 
ISSO É PASSADO
 
Ao que parece, tu não tens o senso
da história, pois só queres fruição
sempre contínua de algo que passou,
de algo que fora épico mas só
é agora passado, sem apelo.
 
Nada que foi passado revivesce
aqui e agora, mais principalmente
se se têm feito tantas outras cousas
depois, depois que aquilo aconteceu
definitiva e grandiosamente.
 
Nada que foi passado revivesce
senão pela memória. Guarda-a, pois.
Guarda a memória do que nós fizemos
quando foi nossa vez de o termos feito.
 
Oh, não sopres carvão de fogo morto!
Antes, rias das glórias do passado!

( Bica do Ipu - Ceará. Foto de Alex Uchôa)
 
 
SE POR ACASO O AMOR
 
Se por acaso o amor trouxer vantagens,
vê se o reforças mais ainda, não
pelas vantagens, mas porque estas são
perigosas no amor e podem bem
transformá-lo em negócio ou sorte grande.
 
O amor é bom e simples, não requer
riqueza´para ser, enquanto tal;
se multiplica a espécie, ainda mais
o amor supõe trabalho responsável.
 
Vê se o reforças como amor somente,
se por acaso o amor trouxer vantagens.



Loyola Rodrigues nasceu em Sobral, Ceará, em 1943.
" Como ficar imune à força poética de Loyola Rodrigues?
...Poeta culto sem alardear erudição, seguro de seu
ofício e em sintonia com a grande tradição poética, portanto
clássico, mas moderníssimo ao mesmo tempo.
Ou como ele mesmo se define: poeta de síntese
transtemporânea. Viajemos com esse poeta
na sua trajetória de quarenta anos
de poesia e lhe confiramos o merecido
conceito em nossa lietratura". ( Luci Menezes)
.
Obras:
.
Menino no Mundo
Canção do Homem Essencial
Primavera Interior
Poesia Reunida I

2 comentários:

direitinho disse...

Obrigado pelo seu trabalho.
Estes locais que nos mostra em fotos são um sonho. Os poemas escolhidos tambem nos deixam um encantamento que a música vai completando.
Cito só uma frase
« No jardim cinzento da tua alma cultiva coisas melhores
como a planta do siso
e a flor do sorriso»

Loyola Rodrigues disse...

Caro amigo,

Agradeço-lhe pela iniciativa de expor a minha poesia no seu blog. Foi uma surpresa muito agradável encontrar esse trabalho tão bem feito, sem que sequer eu soubesse que a minha poesia estivesse na internet. Encontrei-o agora, em 2010! Muito grato!
Loyola Rodrigues