domingo, 3 de janeiro de 2010


3 comentários:

direitinho disse...

Os medos poderão ser iguais mas a forma de os enfrentar é diferente em cada pessoa.
Os sentimentos relativos ao medo pode ser inultrapassáveis em algumas pessoas e brincadeiras para outras.

O Sibarita disse...

É isso tás dito e bem dito! O texto transpira reflexões e que bom todos podessem lê-lo!

abraços,
O Sibarita

Jaqueline Sales disse...

Onde anda você, menina? Estivemos unidas, Marta, Angela e eu, e faltou você. Cedê tu?

BeijUivooooooooooosssssss da Loba