quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

.
.



.
Hoje é o Dia Mundial Da Paz
.
Estamos vivendo uma sequência de eventos angustiantes:
a crise do Oriente Médio, sem contar a crise financeira global.
O colapso financeiro deixa, certamente, o mundo mais instável,
no entanto, a recuperação das perdas econômicas é uma possibilidade concreta,
ao passo que a guerra traz consequências funestas.
Guerra é sinônimo de morte, de agressão à vida humana,
quando deixa milhares de pessoas feridas, mutiladas,
quando pessoas passam fome e necessidade.
Por que é tão difícil viver em paz?
Por que não buscar a harmonia e a amizade com o próximo?
.

Mohandas Karamchand Gandhi (Devanagari मोहनदास करमचन्‍द गान्‍धी),
mais conhecido popularmente por Mahatma Gandhi (1869 - 1948),
do sânscrito "grande alma", foi um dos idealizadores
e fundadores do moderno estado indiano
e um influente defensor do Satyagraha,
princípio da não-agressão e forma não-violenta
de protesto, como um meio de revolução.
“O que quer que façam conosco, não iremos atacar ninguém
nem matar ninguém; estou pedindo que vocês lutem,
que lutem contra o ódio deles, não para provocá-los.
Nós não vamos desferir socos, mas tolerá-los,
e através do nosso sofrimento faremos
com que vejam suas próprias injustiças
e isso irá ferí-los, como todas as lutas ferem,
mas não podemos perder, não podemos...
Eles poderão torturar meu corpo,
quebrar meus ossos, até me matar,
então terão meu corpo inerte,
mas não a minha obediência”
Gandhi legou-nos, através de atos e palavras,
o testemunho de uma vida dedicada à cultura de paz,
mostrando-nos que através da não-violência
é possível vencer – fazer o bem em troca do mal.
De fato, esta atitude perante à vida
e aos conflitos soa bastante incomum
em uma sociedade competitiva como esta
que construímos e mantemos.
Provavelmente foi este o motivo que levou
Einstein a dizer o seguinte sobre Gandhi:
“Generations to come will scarce
believe that sucha one as this walked
the earth in flesh and blood.
”(Tradução livre: “As gerações por vir dificilmente acreditarão
que um homem como este realmente
existiu e caminhou sobre a Terra.”)
.
.
..
.
Anjo da Paz - Ruth Christensen
(imagem original pintada com a boca)
.
.
.
.


Antes de Gandhi, outras grandes almas
(vêm do sânscrito “Mahatma”, nome atribuído a ele)
também pregaram a cultura de paz e a não-violência.
Jesus Cristo revoga a lei do “olho por olho, dente por dente”,
condenando a vingança – não retribuir o mal com o mal.
"Bem-aventurados os pacificadores
porque serão chamados filhos de Deus",
diz o Mestre de Nazaré em seu Sermão da Montanha.
Siddharta Gautama, o primeiro Buda,
ensina-nos a importância de se evitar
o mal e a praticar o bem:
"Praticar o bem, abster-se do mal
e purificar seus pensamentos, são
os mandamentos de todo iluminado."
E diz ainda que: "Jamais, em todo o mundo,
o ódio acabou com o ódio;
o que acaba com o ódio é o amor."
Os grandes Mestres sempre apontaram
que “a paz é o caminho”.
Desenvolver a cultura de paz implica
na prática cotidiana de cada um,
para que haja uma verdadeira conversão.
Ou ainda, como diz Gandhi:
"Faz da tua vida um reflexo
da sociedade que desejas."
Que Gandhi e outras grandes almas nos inspirem.
Que a Paz prevaleça.
E que as boas notícias ecoem pelo Universo
e encontrem ressonância em todos os seres.
.
.
A não-violência e a covardia não combinam.
Posso imaginar um homem armado até os dentes
que no fundo é um covarde.
A posse de armas insinua um elemento de medo,
se não mesmo de covardia.
Mas a verdadeira não-violência
é uma impossibilidade
sem a posse de um destemor inflexível.
( Mahatma Gandhi)
.
.
A vida merece algo além do aumento da sua velocidade.
( Mahatma Gandhi)
.
..
Aprendi através da experiência amarga
a suprema lição: controlar minha ira
e torná-la como o calor que é convertido
em energia. Nossa ira controlada pode ser
convertida numa força capaz de mover o mundo.
(Mahatma Gandhi)
.
.
Cada dia a natureza produz o suficiente
para nossa carência. Se cada um tomasse
o que lhe fosse necessário, não havia pobreza
no mundo e ninguém morreria de fome.
(Mahatma Gandhi)
.
.
Olho por olho, e o mundo acabará cego.
( Mahatma Gandhi)
.
.
Só engrandecemos o nosso direito à vida
cumprindo o nosso dever de cidadãos do mundo.
(Mahatma Gandhi)
.
.
..
SIMPLICIDADE
.
Era ele tão simples que nasceu sem a proteção das paredes domésticas.
Não encontrou senão alguns homens iletrados e rudes
que lhe apoiaram o trabalho na construção da obra imensa.
Ensinava as revelações do Céu nas praias e nos campos,
quando não estivesse em casas e barcos emprestados.
Conversou com mulheres anônimas
e algumas crianças esquecidas.
Todos os infelizes se lhe fizeram a grande família.
Valorizava a amizade, com tanto devotamento,
que chorou por um amigo morto.
Alimentou os que tinham fome.
Restaurou os doentes e defendeu todos aqueles
que se vissem humilhados pela injustiça.
Aconselhou o respeito para com as autoridades
do mundo e a obediência perante as leis de Deus.
Pregou sempre o amor e a concórdia a solidariedade
e o perdão, a paciência e a alegria.
Mas porque se abstivesse de partilhar
o carro das vantagens terrestres,
foi conduzido à cruz e a morte dele passou
como sendo a de um malfeitor.
Entretanto, desde o extremo sacrifício,
transformou-se no símbolo da paz e renovação para o mundo inteiro.
Esse herói da simplicidade tem o nome de Jesus Cristo,
seu poder cresce com os séculos e a sua mensagem,
ainda hoje quanto sempre, é a esperança dos povos e a luz das nações.
.
.
.
.
.
.

4 comentários:

direitinho disse...

Boa Noite
A sua primeira escolha para 2009 foi muito boa. Construção da Paz e do amor por todos e com todos.
Todos os filósofos foram bons pensadores e nos transmitiram mensagens ricas de paz e concórdia.
Cristo foi o Maior de todos e penso que nunca ninguem conseguirá iguala-Lo. Ele é Eterno e a Sua doutrina prolongar-se-á pelos tempos.
Bendito seja Deus pelos profetas que nos dá. Seremos sempre infelizes quando não sabemos nem queremos viver e proclamar todo o amor que Cristo nos deixou
«AMOR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E AO PRÓXIMO COMO A NÓS PRÓPRIOS»

Estações da Vida disse...

Olá, Luís. Meu amigo, novamente tentei entrar no seu blogger e deixar comentário, mas não consegui. De qualquer modo, fica aqui o meu desejo de um 2009 feliz para você e sua família.Obrigada por sua amizade. Abraços cordiais.

prafrente disse...

Força nos seus desejos, perseverança nas suas intenções e amor nas suas acções.

Excelente 2009.

Tony Madureira disse...

Olá,

Viva a Paz, viva o Amor, viva a Amizade!!


Bjs